dom., 13 de mar. | Barranco do Velho

Passeio fotográfico à Cabaça, uma aldeia abandonada na serra do Caldeirão

O registro está fechado
Passeio fotográfico à Cabaça, uma aldeia abandonada na serra do Caldeirão

Data e Localização

13 de mar. de 2016 08:00 – 15:30
Barranco do Velho, Barranco do Velho, 8100 Loulé, Portugal

Sobre este evento

Na visita, à Cabaça, vamos respirar ar puro, caminhar numa atmosfera de sonho e ouvir as histórias que estão por detrás das paredes das casas em ruínas. Foi aqui que nasceu o fundador da “Tia Anica” uma marca icónica.

PROGRAMA:

  • 09.00h – Local de encontro: Teatro Municipal de Faro.
  • 9:45h -  Barranco Velho  - paragem para mata bicho e café
  • 10:00h -  Aldeia da Cabaça
  • 12:00h –  Aldeia da Pena
  • 13:00 -    almoço livre / pic nic
  • Regresso pelas 15 h 30

A aguardente de medronho Tia Anica, não se produz desde 1977, quando faleceu o criador da marca, Artur  Guerreiro. “Com a sua bica, beba tia Anica” foi um dos slogans utilizados.

O local onde se produzia a aguardente, a “Cabaça”, na freguesia de Salir – Loulé, perdeu o último morador em 1987, altura em que morreu a avó de Artur, agricultor.

O percurso na Aldeia da Cabaça, tem um grau de dificuldade baixo e culmina com um piquenique na Pena.

Esta atividade, decorre no âmbito da comemoração do 8º aniversário da ALFA e as inscrições são gratuitas. Confirma com Vítor Azevedo, no  telemóvel 96 7235112. Seguros por conta e risco dos participantes. Calçado confortável e água são aconselhados.

Partilhar este evento