A MÚSICA NA FOTOGRAFIA


Todos nós vemos e ouvimos aquele artista que é o adorado por todos e conhecido por uma multidão que entoa os cânticos. Vamos tirar a fotografia! - gritam alguns. Alto lá! Nem sempre é possível retirar aquele retrato que simbolizaria o nosso cantor ou cantora. Há regras que permitem ou não fotografar tal artista. Há concertos em que tal é mais simples de conseguir. Por exemplo, nos concertos desenvolvidos pelas autarquias ou associações, nalguns deles tal é possível. Para o amante da fotografia basta estar no momento certo no lugar certo. É um mundo de emoções que é retratado e muitas vezes é a capa daquela revista ou jornal. São fotos que dão prazer ao fotógrafo que lá se encontra no meios das emoções sentidas pelo público e que as tentam expressar ao máximo aos cantores. São as maravilhas que as lentes fotográficas guardam.

Contudo, é com muita pena que surgiu este vírus de nome Covid-19 que é pouco amigo daqueles que transportam a máquina fotográfica, bem como daqueles que transportam aquela guitarra ou outro instrumento que já fora muitas vezes a primeira página de várias publicações. Diminuíram de forma drástica os concertos que dantes se assistiram mas que esperamos que se voltem a realizar.

Temos no entanto as fotos de arquivo, que em momentos drásticos como este que vivemos agora, podemos ver e recordar todas as alegrias daquele cantor masculino ou feminino que para além das canções posaram para a nossa fotografia. ESPAÇO ALFA - Artigo de Raúl Grade Coelho publicado no Caderno de Artes Cultura.Sul de fevereiro de 2021

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo