ALFA PROMOVE O PATRIMÓNIO CULTURAL

Aprender a cozinhar, fotografar os pratos elaborados e de seguida degustá-los em locais carismáticos e históricos, são as vertentes dos workshops “Cooking Sessions” que a Associação Livre Fotógrafos do Algarve – A.L.F.A., com o apoio da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve realiza em 2011, um pouco por todo o Algarve.

A sessão inaugural decorreu no

Seminário de S. José em Faro, no

passado sábado 5 de Março. Tivemos uma ementa baseada na Cozinha Tradicional Portuguesa: entrada de canja de amêijoas, a que se seguiu um bacalhau à Conde da Guarda e por fim a sobremesa com a laranja

e mel. O Bacalhau à Conde da Guarda é uma receita concebida pelo saudoso Mestre João Ribeiro, considerado por muitos o melhor cozinheiro clássico

português e que deixou o seu nome ligado ao Hotel Aviz. Mestre João Ribeiro nasceu em 23 de Junho de 1905 em S. Pedro do Sul, partiu para Lisboa aos 13 anos para trabalhar. Em 1921 entra para o Hotel Suíço Atlântico onde o Chefe da equipa francesa que lá trabalhava o iniciou na arte de cozinhar e no conhecimento da língua francesa, depois rumou ao Tavares Rico e trabalhou com o Chefe Francês Clement Paurceau, intervalou e fez-se marinheiro nas linhas de África.


Tendo a sua época áurea nos anos 40-50 o Hotel Aviz, por ele passaram muitos famosos, como por exemplo: Amália Rodrigues, Marcello Mastroiani, Frank Sinatra, Eva Peron,

Maria Callas, Eizenhoewr, Montegomery, Isabel II e a sua irmã Margarida… e muitos espiões.

Mas quem mais marcou a sua presença no Aviz Hotel foi o milionário, magnata do petróleo e refinado gastrónomo Calouste Gulbenkian. Quando foi convidado para viver em Portugal, exigiu ter um grande advogado; um grande médico e um grande cozinheiro. O cozinheiro escolhido foi o Mestre João Ribeiro. O Bacalhau à Conde da Guarda é um dos melhores pratos de bacalhau segundo muitos gastrónomos e na minha própria opinião. Na sua confecção são utilizados poucos ingredientes, tem uma confecção simples

e de baixo custo e um resultado final excepcional. Por fim, Laranja com mel e canela.


Desta vez misturamos a fruta rainha do Algarve, a nossa laranja com um golpe de mel de Monchique e com o toque exótico e oriental do aroma e sabor da canela, para um final feliz.

Convém recordar que o objectivo das “Cooking Sessions” é promover a Criatividade, o nosso Património, a nossa Cultura e dar visibilidade a Jovens Talentos na área da Cozinha

e da Fotografia. Para se associar na ALFA basta ter uma câmara convencional, compacta

ou SLR digital e dispor de algum tempo.

ESPAÇO ALFA - Artigo de Vítor Azevedo publicado no Caderno de Artes Cultura.Sul de março de 2011

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo