AS CORES DO OUTONO

Nesta estação, “inspiração” é a palavra que me leva a definir o Outono. Estamos em pleno Outono, apesar das condições climatéricas actuais mostrarem exactamente o contrário. Evidenciando que cada estação tem a sua beleza, é nesta estação que podemos apreciar o mágico espectáculo de mudança das cores das folhas das árvores, predominando os tons de vermelho, amarelo, laranja e castanho.

As árvores vão perdendo as suas folhas, despem-se lentamente, folha a folha, num ballet único e em plena sincronia, tais como os choupos e os plátanos. Para alguns o Outono representa um momento de melancolia e tristeza, mas para outros, uma paixão incondicional, um culto à beleza natural que ao mesmo tempo propícia um desfile de cenários

sem igual. O verde das paisagens gradualmente é substituído pelos tons apaixonantes desta estação. Os dias ficam mais curtos e as noites mais longas, consequentemente mais frias. É nesta estação que os registos de paisagens desafiam os amantes da fotografia a captarem a essência destes tons no seu melhor. Os apreciadores do Outono deixam-se seduzir pelo encanto dos tons vibrantes que despertam inspirações para fotografar cenários únicos, afim de reproduzir ao máximo o seu encantamento. O Outono é tempo de renovação, e os nossos hábitos alimentares também sofrem alterações. A frescura dos pratos de Verão dá lugar a refeições refogadas, cozidas ou assadas, é hora de darmos uso ao nosso forno. Os temperos picantes dão um certo movimento à nossa energia, por isso nos aquecem e muitas vezes nos deixam corados e fazem transpirar. Os temperos arrojados e as comidas quentes estão indicados como forma de contrapor ao movimento da tristeza e de outros sentimentos que muitas vezes nos invadem e nos fazem estagnar. Caso num dia destes, surja alguma melancolia ou sensação de não saber que rumo tomar, sugiro que relaxe, bebendo um bom vinho ou simplesmente um copo de chocolate quente ou chá que, certamente, a sua alma será invadida por uma sensação de aconchego profundo e de uma alegria intensa, trazendo à flor da pele sentimentos que estavam adormecidos.


Temos a nobre missão de avançarmos, deixando para trás o que não nos interessa. É tempo de mudar. Quem sabe, mudar de visual? Mudar de estilo? Ouse experimentar sensações diferentes, quebre a rotina. Desde sempre me senti atraída pelo Outono europeu, devido

principalmente às cores e às paisagens únicas que embelezam esta estação.

Já olhou atentamente ao seu redor? Caso não, permita-se a experiência de simplesmente parar e observar esta mudança natural, que muitas vezes passa por nós de forma despercebida, por não termos tempo ou simplesmente pela falta de sensibilidade suficiente para apreciar o que a natureza nos brinda gratuitamente, e que na maioria das vezes não damos valor. Um dia frio, um bom lugar para ler um livro, para estarmos com os amigos ou em família ou meramente para observar a paisagem, para fotografarmos coisas diferentes, para pensarmos na vida ou silenciosamente encontrarmos com nós mesmos. Apesar do Verão insistir em ficar, este tem os seus dias contados.

ESPAÇO ALFA - Artigo de Ana González publicado no Caderno de Artes Cultura.Sul de novembro de 2011

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo