top of page

25 DE ABRIL 50 ANOS

Integrada na Semana Cultural da Associação Académica de Coimbra (1 a 15 de março 2024), a ALFA - Associação Livre Fotógrafos do Algarve e a Secção de Fotografia da Associação Académica de Coimbra exibem uma exposição fotográfica nas instalações

da A.A.Coimbra com o título “Quando a Palavra vale mais que mil Imagens”. As fotografias são da autoria de Paulo Abrantes (secção de fotografia da A.A.C.) e de Vítor Azevedo (A.L.F.A.); Eng. º Alves Costa, Conceição Newpart e Kátia Ribeiro Elsea (Espólio do Centro de Documentação 25 de Abril da U.C.). A inauguração da exposição teve lugar no dia 2

de março pelas 17:30. As fotografias são exibidas em 12 suportes 120x80cms, havendo

um 13.º suporte com o texto de introdução.


O tema da Semana Cultural da A.A.C. deste ano é “A VOZ”, não por acaso, foi escolhido pela força e simbolismo que tem para evocar as comemorações dos 50 anos 25 de Abril. Foi a voz de um jovem estudante de Coimbra que com a simples frase “Peço a palavra”, desafiou o regime e desencadeou um movimento de contestação e protesto estudantil que muito contribuiu para o desfecho final da queda da Ditadura a 25 de Abril de 1974.


As fotos apresentadas foram feitas na cidade de Coimbra e no Centro de Documentação 25 de Abril da U.Coimbra (espólio fotográfico e biblioteca), estando focadas essencialmente na palavra, quer através de frases e simples palavras usadas em protestos, manifestações, autocolantes, livros e monumentos. Palavras escritas por pessoas de várias origens, todas com um elo forte ao 25 de Abril e ao seusignificado, pela liberdade que proporcionou para se exprimirem, se manifestarem, protestarem. Porquê fotografias baseadas em palavras? Porque muitas vezes “Uma palavra vale mais que mil imagens”, ainda que transmitida por uma imagem. São as imagens que se geram no nosso cérebro, vividas ou imaginadas, sugeridas por essa palavra.


Por exemplo: Abril; Cravo Tortura; Tarrafal; Bufo; Liberdade; Democracia; Medo; Guerra; Habitação. Sabiam que antes do 25 de Abril era proibido vender e beber Coca-cola em Portugal e que no Algarve ia-se a Ayamonte beber? Esta é bizarra, mas muito do que era proibido antes do 25 de Abril em Portugal não tinha nada de bizarro…


25 de Abril Sempre!



ESPAÇO ALFA - Artigo de Vítor Azevedo publicado no Caderno de Artes Cultura.Sul de março de 2024

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page